Melasma: o que é e como tratar

Melasma: o que é e como tratar

Você já notou alguma mancha escura ou acastanhada em seu rosto, principalmente nas maçãs do rosto, testa, nariz e buço? Elas têm formatos irregulares e bem definidos, sendo geralmente iguais nos dois lados. Pode ser melasma, uma condição que se caracteriza pelo surgimento dessas manchas que também podem aparecer nos braços, no pescoço e no colo. Portanto, veja mais sobre.

Existem medicamentos tópicos e procedimentos para o clareamento, mas cuidado: muitas vezes, as pessoas com melasma podem agravar a condição com um tratamento inadequado, ocorrendo a piora importante das manchas… É indispensável acompanhar com um dermatologista. É ele certamente o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar essa condição, que afeta mais frequentemente as mulheres…

Não há uma causa definida, mas muitas vezes está relacionada ao uso de anticoncepcionais femininos, à gravidez e, principalmente, à exposição solar. O fator desencadeante é a exposição à luz ultravioleta e, até mesmo, à luz visível. A predisposição genética também influencia no surgimento do melasma.

Encontre Beleza

Os procedimentos variam, mas adivinhe qual a medida primordial para prevenção e início do tratamento? Isso mesmo: como sempre, proteção solar nunca é demais! Essa proteção contra os raios ultravioleta deve ser inclusive redobrada quando se inicia o tratamento. Portanto o filtro solar tem que ser potente, com FPS alto nas regiões afetadas.

Como o melasma pigmenta também com a luz visível, os filtros solares comuns não protegem totalmente as pessoas com essas manchas. Por isso, devem-se associar à fotoproteção filtros físicos, que protegem da luz visível: tenha roupas adequadas (melhor com proteção solar), chapéus, bonés, óculos escuros e guarda-sóis à mão.

Dentre os procedimentos mais realizados, por exemplo, estão os peelings e aplicações de luzes ou lasers. Vamos falar um pouco sobre eles.

Cuidados com a pele

PEELINGS

Peelings podem clarear a pele de forma gradual e até mais rapidamente do que os cremes. Os mais superficiais são sempre mais seguros, enquanto outros atingem camadas mais profundas da pele. O dermatologista pode auxiliar na escolha do método mais adequado para cada caso.  

LASER E LUZ PULSADA

Laser e luz pulsada ajudam no conjunto de medidas para clarear o melasma. Esta modalidade também deve ser feita com extremo cuidado, para não gerar mais pigmentação.  

Para ajudar na remoção das manchas, os ácidos mais usados são à base de hidroquinona, ácido glicólico, ácido retinóico e ácido azeláico. Os resultados demoram cerca de dois meses para começarem a aparecer. Mas, não é um método que funciona com todos os pacientes.

Em sua clínica, a Dra. Denise Steiner utiliza outro ácido, o tranexâmico, já há algum tempo. Esse é um composto usado para controle de sangramentos pós-operatórios. Os primeiros estudos relacionando o ácido tranexâmico a um possível clareamento da pele foram feitos pela  marca japonesa Shiseido.

Portanto é importante saber que o tratamento do melasma sempre prevê um conjunto de medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte. Mesmo com resultados rápidos, o tempo necessário para estabilizar a condição e impedir que mínimas exposições façam retornar as manchas pode ser de muitos meses ou até anos…

Encontre Beleza

Acima de tudo, proteção solar sempre e muito cuidado com os produtos e procedimentos estéticos é o melhor caminho. Para cuidar da sua pele e da sua beleza, conte com as recomendações da Encontre Beleza. Fazendo o quiz para definir suas características, você já está no caminho para garantir uma pele saudável e sem manchas!

Acompanhe as nossas redes sociais para ficar por dentro das nossas novidades. 👇🏼

📲 https://www.instagram.com/encontrebeleza/

💻 https://www.facebook.com/encontrebelezaoficial/

Contudo, veja nosso conteúdo sobre Tipos de pele.