Creme de cabelo: quais os tipos e como acertar na escolha?

Na hora de tratar das madeixas, o creme de cabelo é um dos principais aliados. Contudo, nem sempre é fácil decidir o melhor, não é?

Quem nunca ficou na dúvida entre creme de pentear ou leave-in? Creme de hidratação ou nutrição? Se você também está sofrendo para encontrar o creme de cabelo certo, siga conosco e confira as dicas que separamos!

Diferenças entre os tipos de creme de cabelo

O primeiro passo para entender que tipo de creme de cabelo você deve comprar, é analisar as diferenças entre cada produto.

Máscaras de tratamento

As máscaras de tratamento são cremes mais potentes, geralmente devem ser usadas após o shampoo e condicionador e precisam de enxague. O tempo de pausa varia de produto para produto. Existem até máscaras de tratamento de 1 minuto ou de 3 minutos, que podem ser usadas durante o banho.

Basicamente, você encontrará 3 opções:

  • máscara de hidratação: visa repor água aos fios;
  • máscara de nutrição: visa repor oleosidade aos fios;
  • máscara de reconstrução: repõe as proteínas dos cabelos.

As 3 são importantes e devem ser usadas de forma equilibrada para você ter um cabelo saudável. Muitas mulheres optam pelo cronograma capilar, que indica, dependendo do seu tipo de cabelo e do dano que ele possui (como cabelos com química ou sem química), a quantidade de vezes que você deverá usar cada máscara.

Mas você também poderá sentir as necessidades do seu fio, de acordo com o tipo dele. De uma forma geral, a máscara de hidratação é a mais usada e deverá fazer parte dos seus cuidados semanais ou quinzenais. Nós vamos dar mais dicas sobre isso neste conteúdo.

Creme de pentear

O creme de pentear é sem enxague e deve ser usado nos cabelos úmidos, ajudando a desembaraçar os fios. Ele é muito indicado para quem tem cabelos ondulados, cacheados e crespos – que são mais sensíveis e sujeitos à quebra.

Alguns cremes de pentear contam com fórmulas enriquecidas que ajudam a complementar o tratamento oferecido pelas máscaras. Então você poderá encontrar cremes de pentear com óleos, com poder de hidratação (por exemplo com Babosa ou D-Pantenol) e até com ativos reconstrutores, como a queratina.

O creme para pentear dá um efeito um pouco mais pesado aos fios, sendo, portanto, indicado para cabelos com tendência ao ressecamento. Ele ainda ajuda a modelar os fios, dando formato às ondas ou cachos.

Leave-in

O leave-in também deve ser aplicado no cabelo úmido e é um creme sem enxague, assim como o creme de pentear. A diferença está na sua formulação.

Geralmente, o leave-in é menos pesado e oleoso que o creme de pentear e pode ser usado por quem tem o cabelo liso ou para os ondulados como 2A. 

Você pode usar tanto o creme de pentear, como o leave-in. O primeiro ajudará a desembaraçar os fios, sem quebrar, e o segundo a manter os fios alinhados e sem frizz.

Independentemente de qual escolher, é importante não exagerar, pois o excesso poderá deixar seu cabelo com aspecto pesado e oleoso.

Ativador de cachos

Outra opção é o ativador de cachos que, como o nome indica, ajuda a dar formato aos cachos. Existem cremes de pentear que também são ativadores de cachos, mas nem todos têm essa função.

As fórmulas, em geral, são diferentes. O ativador costuma ter mais óleos na sua composição para ajudar na definição do cacho e no controle do volume. Enquanto o creme para pentear costuma ter ativos mais emolientes e hidratantes.

Se você tem cabelos ondulados, cacheados ou crespos e deseja ter mais definição, a dica é investir em um bom ativador de cachos e usá-lo junto do creme de pentear, potencializando a sua finalização.

O creme certo para cada tipo de cabelo

Outra dúvida muito comum é sobre como escolher a máscara certa de tratamento capilar. Vamos ver cada um deles.

Hidratação

A maioria dos cabelos precisa de hidratação frequente, especialmente os cacheados e crespos. Cabelos que precisam de hidratação geralmente são sem brilho, embaraçam e armam com facilidade. Até mesmo os oleosos precisam de hidratação, no mínimo, a cada 15 dias. O ideal é de 1 a 2 vezes por semana.

Nutrição

Quando o cabelo está sem nutrição adequada, ele poderá ficar com as cutículas abertas, fazendo com que seja mais fácil para esse fio perder nutrientes. Você sentirá seu cabelo mais poroso, com frizz e desalinhado. Opte por máscaras com óleos na sua formulação, como óleo de coco, óleo de Argan e outros. A nutrição pode ser feita a cada 15 dias.

Reconstrução

A reconstrução devolve queratina aos fios – e todos precisam repor esse elemento. Se você tem química (tintura, alisamento etc.), precisará fazer a reconstrução mais vezes do que tem o cabelo virgem. Não exagere na quantidade de reconstrução, pois você ficará com o cabelo rígido.

Um cabelo que precisa de reconstrução se apresenta frágil, quebradiço, ralo, com pontas duplas ou elástico.

Tipos de cabelo

Também é importante considerar as características naturais do seu fio para entender qual creme de cabelo investir. As dicas abaixo funcionam para escolher os melhores cremes de pentear, leave-in e ativador de cacho.

Ondulados

Os cabelos ondulados precisam de cremes mais leves que não pesam nos fios. Em geral, os produtos com muitos óleos (como as manteigas) não funcionam bem para esse tipo de cabelo. Então, prefira opções com textura mais leve e se quiser mais definição, invista em um ativador de cachos.

Cacheados

Os cacheados funcionam melhor com cremes um pouco mais consistentes, que ajudam a manter a definição, sem tirar o volume natural e o balanço. Cremes muito oleosos também podem pesar – o ideal é ter óleo na medida. As misturinhas são boas escolhas, com creme de pentear + geleia capilar ou ativador de cachos.

Crespos

Os cremes mais consistentes, especialmente as manteigas, são as ideias para esse cabelo, que tende a ser mais ressecado. Você também poderá usar óleos na sua finalização.

Lisos

Quem tem cabelo liso também pode usar creme de pentear, especialmente se você tiver um fio mais fino e frágil, com tendência à quebra. Nesse caso, opte por cremes mais leves ou por leave-ins. Alguns cremes têm função de encorpar os fios, ideal para quem tem cabelos mais finos. Só tome cuidado com os cremes muito oleosos, que podem pesar fácil no cabelo liso.

Pronto! Agora você já sabe como escolher o creme de cabelo? Aproveite e leia o nosso conteúdo completo sobre cronograma capilar!