Cabelo fino: características, cuidados e dicas infalíveis!

Muitas mulheres se incomodam com o cabelo fino. Mas você sabia que, na maioria dos casos, essa é uma condição genética – e não é sinônimo de cabelo danificado?

Algumas das características desse fio são: pouco volume, tendência a quebras, dificuldade de modelar e pobre em queratina e outros nutrientes. Se identificou com essa descrição? Então siga lendo este conteúdo e saiba tudo sobre o cabelo fino!

O que causa cabelo fino?

Na maioria das vezes, a causa do cabelo fino é a genética. Geralmente são aquelas pessoas que já nascem com os cabelos finos.

Mas se os seus cabelos estão afinando, então é possível que isso seja resultado de químicas muito agressivas, que são capazes de alterar a estrutura dos fios e deixá-los mais leves e finos.

Outras causas para a questão são: deficiências nutricionais, doenças como a alopecia androgenética (calvície, que também afeta mulheres), alopecia fibrosante frontal, queda de cabelo e uso de ferramentas de calor, como secadores e chapinhas, que causam perda da estrutura dos fios, deixando-os mais finos.

A boa notícia é que usar os produtos certos ajuda a melhorar o cabelo fino. Se você anda sofrendo com essa questão, faça o nosso quiz e descubra quais produtos podem lhe ajudar!

Cabelo fino x Cabelo ralo

Apesar de muitas vezes usarmos cabelo fino e cabelo ralo como sinônimos, eles têm diferenças entre si.

Os cabelos ralos são aqueles em pouca quantidade de fios, muitas vezes até mesmo deixando o couro cabeludo mais visível. Já os cabelos finos são aqueles que apresentam uma estrutura da haste mais fina.

Ambas as condições, contudo, podem ser determinadas pela genética. Ou por outros problemas como citamos acima.

O que engrossa cabelo fino?

Se o seu cabelo é fino por causa da genética, dificilmente ele mudará de padrão. Mas, caso existam outros motivos que estejam afinando os seus cabelos, a principal dica é resolvê-los.

Por exemplo, se você tem uma deficiência nutricional, ao corrigi-la com alimentação e suplementação corretas, seus fios melhorarão o aspecto e se tornarão mais grossos. Já em outros casos, como a alopecia androgenética, não há cura, porém é possível tratar e reduzir a evolução da doença.

Além disso, alguns cuidados básicos podem ajudar a dar uma aparência de que seus fios são mais grossos e volumosos, como:

  • usar produtos leves, como shampoo e condicionador voltados a esse tipo de fio;
  • pentear com cuidado, pois os cabelos finos tendem a ser mais quebradiços;
  • usar produtos capazes de dar essa sensação de fios mais grossos (já existem no mercado produtos específicos para encorpar cabelos finos);
  • investir em uma boa reconstrução;
  • aumentar o consumo de alimentos ricos em biotina (gema de ovo, peixes, batatas, brócolis, espinafre e leite);
  • umectar o cabelo com óleos como de coco, de argan, de macadâmia e de rícino;
  • evitar lavar os cabelos em água quente;
  • sempre secar o cabelo suavemente;
  • evitar as químicas por 4 a 6 meses para reduzir a agressão aos fios e diminuir o afinamento;
  • reduzir o uso de secador, chapinha e babyliss.

Outra dica esperta para engrossar os cabelos finos é usar os produtos específicos para seu tipo de cabelo. Não sabe quais são eles? Faça o nosso quiz e descubra!

Como cuidar dos cabelos finos?

Os cabelos finos sofrem mais com a falta de massa, ficando enfraquecidos e quebradiços. Por isso, os cuidados rotineiros são fundamentais para manter esses fios fortes, saudáveis e bonitos. Veja as dicas que separamos.

Hidratação

Fios finos também podem (e devem) ser sedosos e saudáveis. Por isso, a hidratação é uma etapa indispensável. Muitas mulheres pulam a hidratação porque acreditam que ela deixará os cabelos oleosos – mas isso não é verdade.

Mesmo que você tenha os fios finos e oleosos, a hidratação deve ser feita. Afinal, quanto mais seco seu cabelo estiver, mais sebo o couro cabeludo irá produzir para conter esse ressecamento.

A dica, contudo, é enxaguar abundantemente após a hidratação para evitar deixar resíduos do produto nos fios, que podem ficar pesados. O ideal é hidratar os fios toda semana.

Reconstrução

A reconstrução é outra etapa fundamental para os cabelos finos, ajudando a repor a massa que esses fios tendem a perder. Com esse tratamento, seus cabelos ficarão mais revigorados, com força e resistência.

Caso o seu cabelo esteja fino devido ao excesso de química, como alisamento e descoloração, essa etapa é ainda mais importante.

A reconstrução repõe os aminoácidos e as proteínas que os fios perderam. As máscaras reconstrutoras costumam contar com ingredientes como queratina, colágeno e cisteína. O ideal é que a etapa seja feita a cada 15 dias ou 1 vez por mês. Cuidado com o excesso de reconstrução, pois isso poderá deixar seu cabelo endurecido.

Massagem no couro cabeludo

Uma dica que pode ajudar bastante é massagear o couro cabeludo. Assim, você conseguirá ativar a circulação sanguínea da área, aumentando, também, o fluxo de nutrientes que será levado aos fios.

A massagem pode ser feita durante a lavagem, com uma duração de cerca de 3 minutos.

Lavagem adequada

Lavar os cabelos de forma adequada é extremamente importante para todos os tipos de fios, especialmente para os finos.

Na hora de escolher o shampoo e o condicionador, prefira por uma linha especializada em cabelos finos, com ingredientes que não pesam e ajudam a encorpar os fios.

Na hora da lavagem, concentre a aplicação do shampoo no couro cabeludo, evitando ressecar as pontas. Massageie bem para distribuir a fórmula em todo o couro cabeludo, eliminando a oleosidade e ajudando a dar sustentação à raiz.

Finalização

A melhor regra de finalização dos cabelos finos é: menos é mais. Ou seja, quanto menos produtos você aplicar, melhor será, porque assim você preservará a leveza dos fios e favorecerá o volume.

Invista em bons produtos que ofereçam resultados duradouros e evitem a necessidade de reaplicação. Um item que você pode ter sempre à mão é o mousse. Ele deve ser aplicado na raiz do cabelo ainda úmido antes de secar. Com a ação do secador, o produto ajudará a elevar os fios, sem deixá-los pesado.

Outra ideia é o spray específico para cabelos finos, que ajuda a engrossar os fios e deixá-los bonitos por mais tempo.

Cortes e penteados

Um bom corte é capaz de transformar o seu cabelo fino, fazendo com que ele pareça mais volumoso. O mais indicado é apostar nos curtos e médios, pois eles conseguem deixar os cabelos com uma aparência mais encorpada e cheia de movimento.

Já os cabelos muito longos costumam ficar mais pesados, fazendo com que haja uma perda de volume e torne os fios mais minguados.

Boas ideias são o blunt cut (corte com pontas retas que distribui melhor o volume) e corte em camadas (ideal para fios médios ou mais longos, trazendo movimento e volume).

Para os penteados, vale a pena investir em topetes, tiaras, ondas com babyliss e também penteados mais altos, que criam um volume no topo da cabeça.

Viu só quantas dicas bacanas para cuidar dos seus cabelos finos? Se você está em busca dos produtos certos, capazes de encorpar seus fios sem pesar, faça agora o nosso quiz e veja as melhores recomendações para você!